Estranhos que visitaram

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Pecinhas.















Tem horas que eu gostaria de ser uma pérola, morar dentro de uma conchinha e
fechar os olhos, adormecer num sono calmo e protetor. O mundo está se mostrando perigoso e, em algumas situações,tentador.
Eu tenho medo dele em alguns momentos. Não nego. Penso. Me arrependo de algumas atitudes, mas por um lado, isso é bom: o sentimento de "remorso" me faz pensar duas ou mais vezes antes de realizar, com impulso, o que me fará chorar (talvez) mais a frente.
Mais uma vez reflito. O que eu mais faço quando vejo que está tudo bagunçado é "sair" da situação e montar o quebra-cabeça da minha vida. Se por um acaso falta uma peça, sei que falta eu aprender mais alguma coisa. A questão é: sempre falta uma peça. A solução é: eu sempre tenho algo a aprender.
Amanhã tudo vai melhorar, eu sei.

2 comentários:

Jéssica disse...

O amanhã sempre te espera com mais uma peça para montar seu quebra-cabeça. :D

;**

Elis disse...

A certeza do amanhã dá ânimo para o continuar.
Parabéns Thay.